qua., 12 de jun. | Galeria 33

Varilux#17 "Inocência Roubada"

A inscrição está fechada
Varilux#17 "Inocência Roubada"

Horário e local

12 de jun. de 2019 18:20 – 20:10
Galeria 33, R. Bento Gonçalves, 33 - Glória, Joinville - SC, 89216-110, Brasil

Sobre o evento

INOCÊNCIA ROUBADA

Les chatouilles

De Andréa Bescond e Eric Métayer

Com Andréa Bescond, Karin Viard, Clovis Cornillac, Pierre Deladonchamps

2018 – Drama – 1h43

Distribuição no Brasil: Mares Filmes

Sinopse

Odette tem 8 anos, ela adora dançar e desenhar. Por que desconfiaria de um amigo dos pais que propõe a ela “brincar de cócegas”? Adulta, Odette dança sua ira, libera sua palavra e abraça a vida.

Críticas

“A arte de tratar de forma leve um assunto terrivelmente pesado. Inocência Roubada é uma obra brilhante que aborda também o renascimento daqueles que, com coragem, aprendem a subir pela encosta de sua vida.”

Claudine Levanneur, aVoir-aLire.com

“De uma infância traumatizada pelo estupro, Andréa Bescond faz um relato alerta sobre a resiliência e a alegria de viver apesar de tudo. Uma façanha.”

Guillemette Odicino, Télérama

ANDREA BESCOND

Codiretora

Convidada do Festival

Apaixonada por dança desde os 3 anos, Andréa Bescond entra aos 19 anos para o Junior Ballet de Paris. A artista brilha depois no Conservatório Nacional Superior de Música e de Dança de Paris.

Em 2008, Andréa participa da comédia musical Rabbi Jacob. Nela, conhece aquele que se tornará seu companheiro, o ator Eric Métayer. Eles colaboram já no ano seguinte no teatro, na peça Les 39 marches, dirigida por Métayer. O desempenho de Andréa vale a ela uma indicação ao Molière da Revelação Feminina.

A atriz continua a fazer peças até 2015, ano em que explode com seu espetáculo Les chatouilles ou la danse de la colère. Graças a esse papel forte e comovente, Andréa ganha em 2016, o Molière de Melhor Solo em Cena. Com esse espetáculo, a atriz deseja denunciar os abusos sexuais sofridos na infância e se liberar de um peso que guardava em si há muito tempo. É esse espetáculo que vai inspirar o filme feito dois anos depois.

ERIC METAYER

Codiretor

Convidado do Festival

Éric Métayer faz estudos de História da Arte e de Artes Plásticas antes de ser ator. Mais interessado pelo teatro do que pelo cinema, faz filmes em conta-gotas. É Pierre Jolivet que oferece a ele seu primeiro papel principal em A l'heure où les grands fauves vont boire (1993), no qual é Adrien, um jovem que sonha em seduzir uma moça magnífica.

Éric Métayer é indicado a Revelação Teatral no Molière três anos depois, por seu papel de jovem travesti em Aimez-moi les uns les autres, a peça do seu pai, Alex Métayer. Da segunda parte dos anos 1990 até 2005, ele se dedica plenamente ao teatro, fazendo várias vozes para desenhos animados (Hércules, Vida de Inseto, Monstros S.A., Lilo & Stitch).

Em 2008, recebe o Molière de Solo em Cena por seu espetáculo Un monde fou e atua na comédia musical Rabbi Jacob. É nessa ocasião que conhece Andréa Bescond. Em 2009, dirige e brilha em Les 39 marches, homenagem ao mestre Hitchcock, que recebe o Molière de Peça Cômica e Melhor Adaptação em 2010.

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • Varilux#17 12/06 18:20h
    R$25
    R$25
    0
    R$0
TotalR$0

Compartilhe este evento