top of page
Rosi Costah

Rosi Costah

Graduada em Pedagogia e Artes Visuais com pós-graduação em Metodologia do Ensino da Arte, atuou de 2001 a 2019 no processo de orientação de trabalhos em arte no seu ateliê, é associada da AAPLAJ (associação de artistas plásticos de Joinville), participa de exposições coletivas desde 2012. 

Graduação em Artes Visuais – Uniasselvi Pólo Joinville, 2015

Pós-graduação em Metodologia do Ensino da Arte – Facinter Curitiba, 2012

Graduação em Pedagogia – Facinter Curitiba, 2010

Fotoperformance, 2023 Rosi Costah
Impressão digital sobre tecido poliéster

210 x 150 cm

Rosi costa - Fotoperfomance

As imagens deste projeto em andamento são silenciosas expressões híbridas de um sentimento de não pertencer ao mundo ou de estar nele com certo estranhamento. Nesse sentido, a partir de fotografias realizadas de uma dançarina e da própria artista surge uma sutil poética do silêncio.
Ela pode ser entendida inicialmente apenas como a supressão de som, mas, acima de tudo, traz um campo semântico relacionado com ausências. É possível perceber a existência dele e, se isso ocorre, como a imagem o trata? Diversas linguagens, que incluem desde a performance tridimensional à pintura bidimensional, geram assim ecléticos caminhos de criação de ilusões.
A artista estabelece imagens caracterizadas pelos vazios. Os gestos, ora mais longos, ora mais curtos funcionam como alegorias de respiros para um mundo cotidiano caracterizado por um dinâmica regida pela agitação permanente. Em contrapartida, a percepção do espaço da criadora visual instaura um processo gradual que relaciona tempos e espaços distintos.
É instaurado um movimento pleno de curvas a estimular a sensibilidade e propor delicadas
epifanias. As áreas em branco são eventos visuais. Constituem atos plásticos que não necessitam de referenciais externos. Eles se concretizam no fazer de uma experiência plástica caracterizada pela supressão de ruídos em busca de uma impossível e silenciosa harmonia.

Oscar Dambrósio

bottom of page